Varizes e Gestação

Varizes e Gestação

Varizes e Gestação

Varizes e Gestação

Há pouco mais de 2 anos eu recebi uma notícia que mudaria minha vida para sempre. No final de dezembro de 2016 eu descobri que estava grávida! Em setembro de 2017 nasceu o Augusto, cheio de vida para completar a minha.

varizes e gestaçao

Mas apesar de todas as alegrias que a chegada de um bebê nos traz, a gravidez mexe bastante com nosso corpo e assim percebemos, também, aqueles efeitos não tão bons.

Uma dessas implicações é surgimento de novas varizes ou a piora das já existentes, além do inchaço nas pernas. Dentre as causas, podemos elencar uma grande alteração hormonal, a maior elevação na quantidade sangue circulando nas pernas e o próprio aumento de peso.

Pequenos hábitos podem ser muito positivos durante esse período. A prática de exercícios físicos, massagens e drenagens, o uso de meias compressivas e, principalmente, o repouso das pernas, colocando os pés para cima, são atitudes fundamentais que fazem a diferença.

Como nosso foco é cuidar da sua saúde vascular e promover seu bem-estar, aproveite este momento sublime e deixe o tratamento das varizes para após o nascimento da criança. Apesar disso, é importante manter o acompanhamento com sua Cirurgiã Vascular/Angiologista durante a gestação a fim de amenizar os sintomas e evitar complicações.

Há pouco mais de 2 anos eu recebi uma notícia que mudaria minha vida para sempre. No final de dezembro de 2016 eu descobri que estava grávida! Em setembro de 2017 nasceu o Augusto, cheio de vida para completar a minha.

varizes e gestaçao

Mas apesar de todas as alegrias que a chegada de um bebê nos traz, a gravidez mexe bastante com nosso corpo e assim percebemos, também, aqueles efeitos não tão bons.

Uma dessas implicações é surgimento de novas varizes ou a piora das já existentes, além do inchaço nas pernas. Dentre as causas, podemos elencar uma grande alteração hormonal, a maior elevação na quantidade sangue circulando nas pernas e o próprio aumento de peso.

Pequenos hábitos podem ser muito positivos durante esse período. A prática de exercícios físicos, massagens e drenagens, o uso de meias compressivas e, principalmente, o repouso das pernas, colocando os pés para cima, são atitudes fundamentais que fazem a diferença.

Como nosso foco é cuidar da sua saúde vascular e promover seu bem-estar, aproveite este momento sublime e deixe o tratamento das varizes para após o nascimento da criança. Apesar disso, é importante manter o acompanhamento com sua Cirurgiã Vascular/Angiologista durante a gestação a fim de amenizar os sintomas e evitar complicações.

Destaques